Crescimento da Igreja - 7 estratégias para evangelizar a comunidade



Crescimento da Igreja - 7 estratégias para evangelizar a comunidade


A participação da igreja na vida da comunidade é uma ferramenta evangelística poderosa e se faz cada vez mais necessária.

As pessoas não vão querer fazer parte de uma comunidade cristã que não se importa com sua vida pessoal, financeira, profissional, condição física, familiar, saúde, bem-estar, etc.


O que sua igreja está fazendo para fazer a diferença na sua comunidade?


Uma das marcas das igrejas que mais crescem, é que elas fazem parte da vida da comunidade. Elas não estão apenas com o prédio físico situado naquela região, as igrejas que crescem fazem parte do desenvolvimento e crescimento da sociedade. As igrejas que crescem se importam e se envolvem com as pessoas!


A religião pura e imaculada para com Deus e Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações.
Tiago 1:27


É dever da igreja oferecer o pão, as vestimentas, calçar os pés, mostrar oportunidades dignas de sobrevivência ao indivíduo, e principalmente, pregar as boas novas da salvação.

É hora de sair às ruas!

Listamos abaixo 7 estratégias evangelísticas para ajuda-lo nesta missão. Antes de começar ore e peça ao Senhor a direção do Espírito Santo, bem como oportunidades reais para evangelizar a comunidade.




Crescimento da Igreja - 7 estratégias para evangelizar a comunidade



1. Ação social

A ação social é ideal para oferecer vários serviços de uma única vez. Essa é uma estratégia que pode alcançar toda a comunidade, atraí-la para a igreja e resolver vários problemas em um único dia.

estratégia de evangelismo - ação social


A ação social pode oferecer serviços gratuitos como: recreação infantil, bazar solidário, exame de vista, aferição de pressão, medição de glicose, aplicação de flúor, corte de cabelo, manicure, impressão de currículo, pode-se fazer convênios com órgãos públicos para tirar carteira de trabalho e RG, etc.



2. Cursos

Fazer parte do crescimento cultural e profissional da comunidade é uma estratégia poderosa. O sentimento de gratidão por parte dos beneficiados será imenso e dificilmente recusarão a um convite para participar de um culto na igreja.

As opções são várias, a igreja pode oferecer cursos profissionalizantes, preparatórios para vestibulares e concursos, cursos de línguas estrangeiras, de música e até reforço escolar para crianças.



3. Servir refeições

Parece uma atividade simples, mas servir refeições para moradores de rua ou doar cestas básicas para moradores das regiões mais carentes, de baixa renda, pode ser o grande diferencial da sua igreja.

Se Jesus não deixou a multidão partir faminta, por que a igreja deixaria?

Oferecer um café pela manhã bem cedo para os que se encontram na parada de ônibus, ou um caldo quente nas noites mais frias é uma grande oportunidade para comunicar o amor para com o próximo e mais adiante falar do amor de Jesus.



4. Atividades esportivas

O homem está cada vez mais consciente de que necessita praticar esportes ou alguma atividade física, de tais atividades depende o bom funcionamento do corpo. Será fácil atingir pessoas de todas os gêneros e idades com essa estratégia.

Além disso, essa é uma estratégia poderosa para jovens, adolescentes e crianças, pois oferece o desejado “esporte e lazer”, atividade física e diversão ao mesmo tempo.

As atividades esportivas podem atingir números surpreendentes, por este motivo não podem ser ignoradas como estratégia para se aproximar da comunidade.


estratégia de evangelismo - atividades evangelísticas


Que tal um espaço ou horário com atividades para idosos, recreação infantil, escolinha de futebol, vôlei, basquete, e, no futuro, quem sabe, até participar de algum torneio no bairro?!

As igrejas que crescem, constroem relacionamentos com as pessoas e testemunham do amor de Jesus.

“De cem homens, um lerá a Bíblia; noventa e nove lerão o cristão.”  Moody



5. Equipe de voluntários


estratégia de evangelismo - equipe de voluntários


Sair e construir relacionamentos oferecendo serviços voluntários em asilos, orfanatos, escolas, centros comunitários, etc., é uma excelente forma de demonstrar amor ao próximo.

As casas de repouso costumam estar abertas para visita aos idosos, a maioria delas até permitem que as igrejas realizem cultos regulares, desde que sejam agendados com antecedência. Doações também são sempre bem-vidas!



6. Horta comunitária

Se sua igreja dispõe de espaço para criar uma horta comunitária e dessa forma atrair a comunidade, faça-o. Será uma ideia maravilhosa!

A horta comunitária pode contar com o apoio dos moradores, mesmo que não façam parte da congregação.

Além de suprir as necessidades dos que participam do projeto, tudo o que for produzido na horta, pode também, ser doado para a comunidade.

Que tal criar o projeto “hortifruti solidário”?! Pode ser realizado doações ou vendas por um preço simbólico das frutas, legumes e verduras colhidas na horta comunitária.


estratégia de evangelismo - horta comunitária


Este é um projeto que beneficiará em muito a comunidade, além de atraí-la para a igreja.



7. Culto ao ar livre

Que tal sair às ruas e realizar um culto ao ar livre? Se a comunidade não vai ao culto, o culto vai à comunidade.

Poucas estratégias evangelísticas são tão promissoras quanto o “culto ao ar livre”.

Busque lugares apropriados (praças, quadras, campos, parques, ruas, calçadas, pontos comerciais, etc.), mobilize a igreja, ore, e leve o culto para as ruas.

Prepare uma equipe para se aproximar das pessoas durante os cultos, aplicar o evangelismo pessoal e convidá-las para o culto na igreja.



Considerações finais

Servir à comunidade é uma opção?    
  
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer?
ou com sede, e te demos de beber?
E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos?
ou nu, e te vestimos?
E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.
Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno,
preparado para o diabo e seus anjos;
Porque tive fome, e não me destes de comer;
tive sede, e não me destes de beber;
Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.
Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?
Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.

(Mateus 25:35-45)


Portanto, mobilize sua igreja para servir a comunidade, criar um relacionamento verdadeiro e duradouro, e então, pregar as boas novas da salvação.


Jesus abençoe o seu ministério!



Baixe e-book grátis 21 estratégias de evangelismo




Crescimento da Igreja





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque


ideias para o ministério infantil
Se tem um ministério que exige muita criatividade, amor e dedicação da liderança, é o ministério infantil. Trabalhar com crianças não é fácil, o professor precisa ser criativo e (...)