Evangelismo Infantil | As Melhores Estratégias

 Evangelismo Infantil

Evangelismo infantil é uma estratégia da igreja de Jesus Cristo para apresentar o plano da salvação aos pequeninos.

É através do evangelismo infantil que Deus nos usa para levar sua palavra e mostrar o caminho da salvação às crianças que não o conhecem. São crianças que não vão à igreja, que não têm pais cristãos ou que estão em situações especiais como em hospitais, abrigos, etc., e precisam ser alcançadas por Jesus. Deus conta com você para esta missão!

Fazer evangelismo infantil é obedecer ao Ide de Jesus que diz: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a TODA criatura” (Marcos 16:15). “Toda criatura” inclui, também, as crianças que ainda não foram alcançadas pelo milagre da salvação. 

É tempo de ensinar a criança o caminho em que deve andar, ouça o chamado do Senhor, fique disponível e deixe que os pequeninos se acheguem ao reino de Deus. Leve a mensagem da salvação para onde houver uma criança, seja na igreja, na rua, na escola, no abrigo (...). Faça a sua parte!

Veja também 21 ideias para o ministério infantil

 

“Deixai vir a mim os pequeninos e não os impeçais, porque dos

tais é o Reino de Deus”

(Mateus 19:14; Marcos 10:14 e Lucas 18:16)

 


Evangelismo Infantil

Por que devemos evangelizar as crianças?

Porque as crianças precisam conhecer Jesus.

Porque elas precisam saber o caminho em que devem andar.

Porque elas precisam se preparar para enfrentar as tentações e provações deste mundo.

 

“Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele”.

(Provérbios 22:6)

 

Onde devemos evangelizar as crianças?

Em casa

Os pais recebem de Deus uma grande missão: amar, cuidar, educar e instruir o menino nos caminhos do Senhor.

É comum lembrarmos de Jó como um homem de paciência e fé, um homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desviava do mal (Jó 1:1). Mas, será que lembramos ou atentamos para o pai zeloso que era Jó?

Jó era um homem de muitas posses, era o maior do oriente (Jó 1:3). Nasceram-lhe sete filhos e três filhas (Jó 1:2) e certamente, não lhes faltava nem amor, nem coisa alguma. Porém, Jó sabia que isso não era o suficiente, e sendo o pai que Deus queria que ele fosse, apresentava os filhos continuamente diante de Deus.

 

Chamava Jó a seus filhos e os santificava, levantava-se de madrugada e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles, ... (Jó 1:5).

 

Os pais devem falar de Jesus a seus filhos, ensinar-lhes a palavra de Deus, cantar e orar juntos, e realizarem o culto doméstico, para que os filhos, mesmo depois de adultos, não se desviem dos caminhos do Senhor.

 

Na igreja

A igreja pode chegar até as crianças através da escola bíblica dominical, da escola bíblica de férias, escola bíblica nos lares, eventos em datas especiais como o dia das crianças, campanhas evangelísticas e outros, onde poderá convidar a comunidade e oferecer atrações infantis, como teatro de bonecos e, finalmente, apresentar o plano da salvação para as criancinhas.

Além disso, mais de 90% dos pais cristãos delegam a responsabilidade da educação cristã dos filhos à escola bíblica infantil, o que torna o evangelismo infantil uma atividade indispensável para a igreja.

 

Em lugares especiais

Algumas crianças encontram-se em lugares especiais e temos de ir até elas para evangelizá-las. Talvez você tenha de encontrá-las em hospitais, orfanatos, nas ruas, praças, etc. Prepare-se anteriormente, e se não for possível reunir-se com elas, entregue algum material evangelístico.

 

Como falar de Jesus para uma criança?

Na fase inicial da vida não há necessidade de falar de pecados e de culpas para uma criança, basta encher o coraçãozinho dela com a palavra de Deus, com louvores e oração, dessa forma ela crescerá com um coração obediente e temente a Deus.

Já em uma idade mais avançada, quando a criança já tem discernimento do que é certo e do que é errado e pode entender que comete erros, que pode pecar contra Deus, pode-se então falar que, Jesus morreu em seu lugar e convidá-la a aceitar a Jesus Cristo como seu salvador e conduzi-la em oração.

 

Veja abaixo, como ensinar a mensagem da salvação para as crianças:

De 2 a 5 anos

Nessa idade as crianças ainda não sabem ler e têm um período de atenção curto.

Dica: Use palavras simples. A oração deve seguir o modelo: o professor fala, os alunos repetem. Conte histórias, mas não ultrapasse o período de 5 minutos ou se dispersarão.

 

De 5 - 9 anos

Nessa idade as crianças estão aprendendo a ler e são muito curiosas, adoram fazer perguntas.

Dica: Introduza as primeiras verdades bíblicas, incentive-os a investigar, perguntar. E desafie-os a memorizar versículos bíblico.

 

De 9 - 12 anos

Nessa idade as crianças sabem ler, têm boa memória e estão prontas para uma decisão pessoal de seguir a Cristo.

Dica: Incentive-os a orar e a ler a Bíblia por si mesmos. É hora de aprender e praticar a palavra de Deus.

 

Estratégias para a evangelização com crianças

Antes de começar tenha certeza de que Deus tem um chamado para sua vida através do ministério infantil, ore a respeito e medite na palavra de Deus para conhecer Sua vontade já revelada nas sagradas escrituras. Ore pedindo a Deus direcionamento e planeje cuidadosamente cada passo do evangelismo infantil.


Veja abaixo algumas estratégias e métodos que você poderá utilizar nessa obra:

A escolinha bíblica infantil é uma excelente forma de a igreja chegar até as crianças e apresentar-lhes o plano da salvação. Pode ser por meio da escola bíblica dominical, escola bíblica de férias, escola bíblica nos lares e/ou outras realizadas em comemoração a alguma data especial, como o dia da bíblia, dia das crianças, dia de missões, etc. 


Clique abaixo e conheça o plano de aula para o Ministério Infantil.

Plano de aula para ministério infantil


Professor, prepare-se com antecedência, seja criativo, utilize visuais (cartazes, fotos, figuras, objetos), músicas, e etc.

Faça teatro, fantoche e conte histórias. Essa é uma boa estratégia para pessoas criativas e com bastante desenvoltura. Tanto o teatro, o fantoche, como o contador de histórias, podem apresentar-se em igrejas, escolas, praças, teatros, abrigos, orfanatos, creches, entre outros. Será necessário preparar o próprio material ou adquiri-lo em alguma livraria evangélica.

Faça gincanas bíblicas. A gincana bíblica é uma ótima maneira de incentivar as crianças a prática da leitura bíblica e a memorização de versículos. Aproveite, seja criativo e alcance crianças para Jesus.

Apresente o plano da salvação. O evangelismo infantil pode sim utilizar estratégias como a recreação infantil para atrair as crianças da comunidade, mas o grande objetivo é apresentar Jesus como salvador do mundo. Então, apresente o plano da salvação.

 

Estratégia para apresentar o plano da salvação

O livro sem palavras



O que significa:

Dourado: O céu, a luz e o amor de Deus (Jeremias 31:3; João 3:16; Lucas 24:50-53, Atos 1:9-11, Apocalipse 21 y 22; João 14:2)

Preto: O pecado (Genesis 2:7, 3:24; Romanos 3:1-31; Romanos 5:6-9)

Vermelho: O sangue de Jesus (1 Coríntios 15:3-4; Lucas 2:1-20; Lucas 23:27-38; Juan 19:1-42; I Juan 1:7b)

Branco: A pureza (Fazer o apelo) (Mateus 27:57, 28:15; João 19:38, 20:18; I Coríntios 15:17; Romanos 4:25; Salmos 51:7b)

Verde: O crescimento em Jesus Cristo (II Pedro 3:18; I Pedro 2:2; Filipenses 4:4-8; Mateus 18:19-20; Marcos 16:15)


Algumas ideias para contar a história do livro sem palavras:


Com cenário: Crie um cenário para contar a história do livro sem palavras. Decore um ambiente para cada página e, se possível, faça de modo que as crianças possam se locomover, como se fosse um labirinto, uma espécie de caminhada ou jornada. Você vai caminhando com as crianças enquanto narra a história do livro sem palavras. Decore de modo que as crianças se sintam dentro de um novo ambiente.

 

Com balões: Coloque o versículo bíblico referente a explicação de cada cor dentro de cada balão. Encha os balões e coloque-os dentro de um saco de lixo preto para que nenhuma criança veja as cores (poderá ser utilizado também um saco de outra cor, desde que não seja transparente, ou uma caixa gigante). Tire um balão por vez na sequência das cores: dourado, preto, vermelho, branco e verde. Depois de explicar o que significa a cor do balão, entregue-o para uma criança e peça para que ela o estoure e realize a leitura do versículo encontrado dentro do mesmo. 

 

Com uma roleta: Faça uma roleta com as cinco cores (dourado, preto, vermelho, branco e verde). A roleta deverá ter uma seta. A medida que a roleta vai passando pelas cores, você vai explicando o que significa cada cor e contando a história do livro sem palavras.

 

Com caixas coloridas: 5 caixas de cinco cores (dourado, preto, vermelho, branco e verde). Coloque os versículos dentro de cada caixa.

 

Com avental: Um avental com cinco bolsos de cores diferentes (dourado, preto, vermelho, branco e verde). Coloque os versículos dentro dos bolsos, retire-os e leia-os a medida em que for contando a história.

 



Use cartazes, bandeirolas, cartões, figurinos, luvas, maquiagem, livro gigante, fantoche, etc. Seja criativo e crie um jeito diferente para contar a história do livro sem palavras.

 

Dica: Dê um livro de presente para cada criança ou confeccione-o com os pequeninos. Desafie-os a contar a história do livro sem palavras para os amiguinhos e familiares.


Veja também 21 ideias para o ministério infantil.

 

A melhor estratégia para o Evangelismo Infantil

Se você deseja saber qual é a melhor estratégia para o evangelismo infantil na sua igreja, ore e busque a vontade de Deus. A melhor estratégia é aquela executada sob a direção divina.

 

Esses são apenas alguns exemplos de estratégias para o evangelismo infantil, você poderá utilizá-los ou orar a Deus e criar algo novo.

Esteja disponível para o Senhor e ele fará maravilhas através da sua vida.

Jesus abençoe o seu ministério!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque


ideias para o ministério infantil
Se tem um ministério que exige muita criatividade, amor e dedicação da liderança, é o ministério infantil. Trabalhar com crianças não é fácil, o professor precisa ser criativo e (...)