Ministério de Homens na Igreja


7 motivos para começar com o Ministério de Homens na Igreja


Ministério de homens na igreja


Historicamente o homem é visto como um ser autossuficiente, como um indivíduo que possui uma tendência natural a viver de maneira independente, sem necessitar da presença de outros que o ajude a caminhar. Porém, esta pretensão de autossuficiência e independência não passa de uma ilusão criada por satanás que inclusive tem plantado no coração do homem o pensamento “sou um homem, não preciso de pastor”.

O homem foi criado por Deus para viver em sociedade, do Génesis ao Apocalipse fica claro que não é bom que este viva só e que como ovelha carece de um pastor.

O ministério de homens na Igreja se faz cada vez mais necessário devido a necessidade que os varões cristãos têm de viver em um grupo que os aceite e os ajude a viver em comunhão com Cristo.

É muito comum vermos nas igrejas ministérios de mulheres bem estruturados, com mulheres de oração comprometidas com a palavra de Deus e com o Ide de Jesus. Porém, é raro encontrarmos ministérios de homens com o mesmo compromisso e empenho. Alguns afirmam que isso se dá ao fato de que os homens não carecem da comunhão afetiva desenvolvida nos pequenos grupos, outros dizem que é porque a maioria dos cargos eclesiásticos já são ocupados pelos mesmos e dessa forma não se faz necessário um ministério de homens na igreja.

Mas, afinal, porque uma igreja deve investir no ministério de homens? A resposta para essa pergunta é simples: o ministério de homens tem o propósito de ganhar, desenvolver e capacitar o homem em Cristo Jesus.


Vejamos abaixo 7 motivos para investir no Ministério de Homens na Igreja:



1. Fortalecer o papel do homem como cabeça da família.


A família é uma instituição muito atacada nos dias atuais. O papel do homem como cabeça do lar e/ou como mantenedor está cada vez mais ultrapassado. A união masculina fortalecerá a visão de Deus para a família.

2. Manter os varões unidos e fortalecidos pela comunhão.


A vida em comunidade ajuda-os a permanecer longe da influência do mundo. Muitos têm vícios como a pornografia, sofrem assédio no trabalho, têm o hábito de passar os dias/horas de lazer na companhia de incrédulos, etc. Esta é uma excelente estratégia para engajar até mesmo os mais introvertidos.

3. É uma excelente estratégia de evangelismo na comunidade.


Os varões podem atuar com esporte, ação social, ajudando aqueles que estiverem desempregados, etc.

4. Orientação empresarial a luz da Bíblia.


5. Fortalecer os ministérios de diáconos, presbíteros, pastores e obreiros. Bem como a criação do coral de varões.


6. Treinamento e capacitação para pregadores.


7. Manutenção da fé dos irmãos.



Para que o ministério de varões tenha êxito e atinja seus propósitos, é necessário sacrifício pessoal e compromisso com Deus por parte dos envolvidos.

Esse é um grande desafio para a igreja local, mas que sem dúvida pode trazer muitos benefícios para o corpo de Cristo.

Que o Senhor Jesus abençoe seu ministério e o capacite para alcançar as metas que Ele mesmo tem colocado em seu coração.


Paz!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque


ideias para o ministério infantil
Se tem um ministério que exige muita criatividade, amor e dedicação da liderança, é o ministério infantil. Trabalhar com crianças não é fácil, o professor precisa ser criativo e (...)